Home | Noticias | Notícias
Notícia

Entrevista com Andrea Perez: Psicologia Positiva - Teoria e Prática

IPOG

A especialista Andrea Perez é considerada uma multiplicadora de conhecimentos sobre a psicologia positiva no Brasil. Recentemente lançou o livro “ Psicologia Positiva - Teoria e Prática” com o objetivo de levar um embasamento mais profundo sobre as especificidades dessa temática tão eminente. Além disso, seu intuito é levar conhecimento em forma de sementes e plantá-las nas pessoas e que elas possam multiplicar esses conhecimentos, buscando alcançar a felicidade, o bem estar, o florescimento e todas os benefícios que a psicologia positiva pode proporcionar.  Veja na entrevista a seguir, todos os detalhes do livro e os efeitos da psicologia positiva no crescimento do potencial humano. 

 

Por que fazer um livro sobre psicologia positiva?

O livro foi concebido como um sonho e idealizado para disseminar a psicologia positiva no Brasil, porque reconheço a importância dessa temática e o quanto ela pode ser favorecedora na vida das pessoas. Quando conheci a psicologia positiva, todos os efeitos e os benefícios voltados para a felicidade, as qualidades humanas e todas as temáticas, eu me senti a responsável por transmitir esse conhecimento para as pessoas. Por isso, o livro veio como uma realização de um sonho, unindo tanto a escrita como também as temáticas da psicologia positiva. E dentro da proposta do livro, eu defendo a importância das pessoas atuarem em conjunto, porque um só não vai conseguir mobilizar uma sociedade toda, não vai conseguir fazer mudanças significativas que essa temática pode trazer para todos. Então, para promover essa união, eu uso a #juntossomosmelhores.

 

Quais os seus propósitos com esse livro?

A ideia é favorecer a vida das pessoas, dar a possibilidade de transmitir conhecimento que existe fora do país, uma vez que, aqui no Brasil é muito embrionário. Eu sei da dificuldade das pessoas no uso da língua inglesa, na aquisição dessas literaturas, no acesso aos conhecimentos mais acadêmicos, por isso, eu resolvi compartilhar meus conhecimentos através do livro, pois a literatura traduzida e produzida no Brasil, na área da psicologia positiva é muito pequena. Então a ideia é  fazer chegar conteúdo e informação a essas pessoas que não tem possibilidade. E com isso, criar multiplicadores, assim como eu sou uma multiplicadora. A ideia maior é realmente plantar sementes nas pessoas e que elas possam multiplicar esses conhecimentos sobre a psicologia positiva.  

 

Qual o objetivo?

O objetivo é incentivar os profissionais que já conhecem um pouco da psicologia positiva a aderirem esse movimento intitulado “todos juntos somos melhores” e mostrar que qualquer pessoa pode galgar esse caminho. A minha intenção é que todos caminhem progressivamente nessa trajetória, pois só através de profissionais que entendem dessa área, seja no ambiente organizacional, nas escolas, no processo de coaching ou terapêutico, vão conseguir transmitir esse conteúdo para a sociedade. Consequentemente, unir todas essas pessoas e nutri-las. Com isso, eu acredito que todos terão um florescimento, que é um dos temas da psicologia positiva que suas técnicas proporcionam uma sociedade melhor, mais satisfeita e feliz.

 

Quais assuntos o livro traz?

Nessa obra eu tive a intenção de cobrir praticamente todas as áreas temáticas da psicologia positiva.  O livro traz temáticas sobre emoções positivas, envolvendo a gratidão e otimismo, que é um estilo atributivo da área. Podemos encontrar muitas informações sobre as organizações positivas e como elas funcionam, envolvendo a liderança. Uma parte é voltada para as qualidades humanas, na qual aborda talentos e forças de caráter, o bem estar, a felicidade e a educação. Então é um livro que abarca uma área multidisciplinar, assim como é a psicologia positiva. A sua aplicabilidade é absolutamente multidisciplinar, e é por isso que ela tem crescido mundo afora.

 

O flow é uma das características da psicologia positiva. O que ela pode trazer de bom?

O flow é uma experiência, na qual a pessoa utiliza habilidades desenvolvidas diante de algum desafio ou qualquer tipo de atividade, proporcionando a perda da autoconsciência, da noção de tempo e inúmeras outras sensações. O flow tem o objetivo de gerar bem estar, mas só é percebido depois da atividade concluída pois, no momento da execução a pessoa está tão envolvida com a atividade que as duas se juntam e formam uma só. Ou seja, a própria atividade nutri a pessoa de feedback, causando o bem estar. Enfim, viver essas experiências de flow no trabalho, na vida e na família é excepcional.

 

Dicas primordiais baseadas na psicologia positiva?

Como a psicologia positiva é um estudo voltado para a ciência da felicidade, então uma dica primordial é construir e fazer acontecer a nossa felicidade. Isso precisa ser uma decisão e escolha pessoal. Não precisa ser emoções intensas, felicidades muito grandiosas, pois a felicidade verdadeira é pautada naquelas pequenas coisas que realizamos no dia a dia. E a quantidade dessas emoções e afetos positivos permitam a nutrição do nosso dia a dia e da nossa felicidade. Procure ser feliz e faça com que isso aconteça. 

   Facebook
   Twitter
   LinkedIn
   Google Plus
   Pinterest
   Email
Compartilhar esta página por email: