capa-site-engenharia-ferrovia769-ria-051719.jpg
MBA Engenharia Ferroviária

O curso de MBA em Engenharia Ferroviária foi criado para suprir uma necessidade existente no mercado de trabalho atual, onde diversos programas voltados ao desenvolvimento da infraestrutura do país (ferrovia, portos, rodovia e aeroportos) estão sendo lançados pelo Governo Federal através do PPI - Programa de Parcerias de Investimentos (que substituiu os antigos PAC e PIL), sem que se encontre mão de obra atualizada e qualificada com a devida expertise na área ferroviária - se tratarmos o quesito técnico de desenvolvimento em campo - capaz de desenvolver os projetos a serem lançados, bem como promover uma boa gestão das obras durante a etapa de implantação.

É nítida a carência de profissionais gabaritados, na faixa etária entre 30 e 50 anos, que estejam aptos a assumir grandes projetos ferroviários propostos para o Brasil, fazendo com que a qualificação técnica seja considerada de suma importância para o preenchimento de inúmeras vagas que serão criadas pelas grandes empresas nos próximos anos no país.


Quero Saber Mais

O que você irá aprender?

Promover o conhecimento específico na área de Engenharia Ferroviária, capacitando profissionais para que exerçam diversas funções dentro de uma empresa voltada para o transporte ferroviário, e permitir interações com diferentes órgãos (controle e operação) sobre assuntos técnicos e teóricos ligados ao transporte ferroviário, englobando construção, manutenção e logística ferroviária.

Pra quem é este curso?

Profissionais graduados em Engenharia (Civil, Mecânica, Elétrica, Ambiental, Segurança do Trabalho, Produção dentre outras), Administração, Economia e Logística, assim como as demais profissões da área de Ciências Exatas, incluindo cursos de Tecnólogos ligados à Engenharia que tenham contato com meio ferroviário e possam exercer tais funções dentro de suas empresas.

Os níveis de aprendizado englobam os seguintes cargos: Técnicos (Analistas e Supervisores), Especialistas (Gerentes e Coordenadores) e Gestores (Diretoria e Superintendência).

Formação Curricular

- Introdução à Estrutura do Transporte Ferroviário;

- Visão sistêmica do Centro de Controle Operacional (CCO);

- Contratação de Obras de Infraestrutura de Transportes;

- Projetos Ferroviários;

- Desenvolvimento integral do potencial humano I;

- Desenvolvimento integral do potencial humano II;

- Licenciamento Ambiental de Ferrovias;

- Sistemas de Informações Geográficas;

- Transporte Metroferroviário de Passageiros;

- Infraestrutura Ferroviária e suas aplicabilidades;

- Superestrutura Ferroviária e suas aplicabilidades;

- Concepção e Manutenção de Obras de Arte Especiais;

- Túneis e Obras Subterrâneas;

- Material Rodante Ferroviário;

- Manutenção de Infra e Superestrutura Ferroviária;

- Inspeção Automatizada de Via Permanente;

- Dinâmica Ferroviária e Interação Veículo-via;

- Abordagem Crítica da Logística Intermodal;

- Investigação de Acidentes Ferroviários;

- Metodologia do Trabalho Científico - EaD.

Carga horária total de 480 horas/aula

 

Coordenação

RAFAEL BARROS PINTO DE SOUZA: Graduação em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF, 2002). Especialização em Engenharia Ferroviária pela Universidade Municipal de São Caetano do Sul (USCS, 2014). MBA em Infraestrutura de Transporte e Rodovias pelo Instituto de Pós Graduação de Goiânia (IPOG, 2016). Experiência profissional de 16 anos no setor Ferroviário, trabalhando pelas empresas MRS Logística SA, CVRD (Vale), Engevix e Valec Engenharia (através de contrato de Supervisão pela Enefer Consultoria SA e de Contrato de Gerenciamento pela Pacs Engenharia SA), nas áreas de Projetos, Construção e Manutenção Ferroviária, tendo realizado ou acompanhado as seguintes obras: Gerenciamento da Construção da FNS - ESUL, com 682 km entre Ouro Verde/GO e Estrela D’Oeste/SP; Supervisão do Projeto Básico da Ferrovia de Integração Centro Oeste - FICO, com 200km entre Gaúcha do Norte/MT e Lucas do Rio Verde/MT; Recuperação da Via Permanente para MRS do trecho entre Jundiaí/SP e Campinas/SP, com 45km; Duplicação da Malha Ferroviária de Barra do Piraí/RJ - Guaíba/RJ (60km); dentre outras obras de infraestrutura como pontes, cortinas atirantadas, solo grampeado com concreto projetado, etc.

Diferenciais

Diferentemente do que se encontra no mercado atual, este curso tem uma formação de corpo docente com profissionais que vivem o dia a dia do transporte ferroviário, e não apenas conhecimento teórico, possuindo expertise no assunto a ser ministrado em cada disciplina, onde os tópicos serão voltados para os ensinamentos práticos que envolvem o meio de transporte ferroviário, desde a elaboração de projetos (básico e executivo) até a liberação para operação de uma linha “nova”, passando por tópicos como construção, manutenção, operação, logística intermodal e estudo de acidentes ferroviários.

As disciplinas buscarão fomentar os alunos no quesito prático, propiciando aquisição de um somatório de experiências vividas in loco pelos professores, que poderão ajudá-los na sua formação e desempenho profissional daqui em diante.

Invista no seu futuro profissional!
Unidades com o curso
Anápolis , Belo Horizonte , Brasília , Campinas , Cuiabá , Fortaleza , Guarulhos , João Pessoa , Marabá , Natal , Osasco , Porto Alegre , Salvador , Santos , Sinop , São José do Rio Preto , São Luís , São Paulo - Paulista , São Paulo - Zona Leste , Vitória